Fechar imagem

Notícias

  • Cidadão

Mais lidas

  • Eugênio Vilela se une a prefeitos e vai à Cidade Administrativa exigir do Estado soluções para crise econômica
  • Banco de Alimentos divulga ações realizadas nesta semana
  • Administração Municipal fecha 2018 com doações de mais de 150 toneladas de alimentos
  • Banco de Alimentos divulga estrutura do projeto Horta Urbana
  • Administração Municipal cobra de empresa melhoria no serviço de tapa-buracos na Abílio Machado
  • Iniciada pavimentação de ruas no Bairro José Balbino Ribeiro

25/10/2018 10h04

CEI Maria Augusta trabalha em atividades que promovem a interação dos alunos

‘Hora Social’ é o nome do projeto desenvolvido todas as quartas-feiras, no pátio central da instituição

CEI Maria Augusta trabalha em atividades que promovem a interação dos alunos

O Centro de Educação Infantil (CEI) Maria Augusta Leão, que funciona no Bairro Souza e Silva, tem trabalhado em atividades que promovem a interação dos alunos. O movimento de troca e ação favorece novos conhecimentos, o diálogo e a socialização com outras crianças e adultos, sendo parte cotidiana da rotina dos alunos.

Um dos projetos desenvolvido pelo CEI é o “Hora Social”, que ocorre todas as quartas-feiras, no pátio central da instituição, onde as crianças do berçário, maternal e pré-escola se reúnem com as educadoras para participação de evento. A cada apresentação é criado pelos profissionais um ambiente propício com atividades pedagógicas especiais, levando em consideração a faixa etária, os modos de comunicação e o nível de autonomia das crianças. Isso proporciona multiplicidade de experiências, na qual o brincar e o aprender estão sempre juntos.

As apresentações são diversificadas, como dramatizações de histórias ou temáticas musicais, hora do conto, declamação de poemas, atividades de fortalecimento de princípios e valores, formas adequadas de agir e momentos de liberdade para criar e se expressar, envolvendo diferentes temas e pessoas.

A cada semana, as crianças demonstram mais interesse, alegria e encantamento pelas atividades e se interagem muito durante as apresentações. Este universo contribui para o desenvolvimento social e cognitivo. Além disso, a interação é essencial para aprender a lidar com o mundo. Os pequenos começam a respeitar os seus limites e dos outros, as regras de convivência, interação com o grupo, compartilham ideias e espaços, ganham autonomia para se sentir parte integrante de uma sociedade, construindo assim suas aprendizagens.

Compartilhe

 
Prefeitura Municipal de Formiga