Fechar imagem

Notícias

Mais lidas

  • Diante da greve dos motoristas, Procon de Formiga orienta sobre como se proceder em caso de prática abusiva de comerciantes
  • Prefeitura divulga programação do desfile de 6 de junho
  • Prefeitura realizará cerimônia de entrega de barracas a feirantes amanhã
  • Prefeito apresenta ações da atual gestão na Câmara Municipal
  • Empresa de Esmeraldas resolverá problema de fumaça no Água Vermelha
  • Funcionário da Prefeitura fará palestra no Unifor-MG

14/05/2018 17h44

TG 04-030 cria projeto ‘Contrate um atirador’

Proposta busca parcerias para a qualificação profissional dos militares

TG 04-030 cria projeto ‘Contrate um atirador’

O Tiro de Guerra (TG 04-030) iniciou neste mês a divulgação do projeto “Contrate um atirador”, o qual busca parcerias para a qualificação profissional dos militares. O objetivo é informar aos empresários que o TG é um órgão de formação da reserva, onde o jovem convocado presta o Serviço Militar Inicial (obrigatório), conforme preceito constitucional e Lei do Serviço Militar, de modo a atender à instrução militar, conciliando o trabalho e o estudo.

De acordo com o subtenente Gelson Rodrigues de Souza, atualmente, dos cem atiradores matriculados no TG 04-030, 41 estão inseridos no mercado de trabalho. “Visando a ampliar este número, os instrutores vêm trabalhando na busca de parcerias para a qualificação profissional dos militares e apoiando e incentivando diversos atiradores e ex-atiradores já inscritos para prestarem concurso, no corrente ano, em várias carreiras militares, com destaque para a Escola de Sargentos das Armas.”

As atividades do TG para os matriculados são iniciadas, anualmente, no dia 1º de março e se encerram no dia 30 de novembro. O cidadão matriculado tem um regime de trabalho de duas horas diárias, de segunda a sábado, das 6 às 8 horas. Em ocasiões excepcionais e esporádicas, o atirador poderá ser empregado em outros períodos, como instrução noturna, marcha e tiro, solenidade comemorativa, sendo informado por escrito ao empregador.

Os instrutores têm dispensado atenção especial aos atiradores que trabalham, no sentido de evitar ao máximo a ausência do colaborador ao trabalho, liberando nos horários previstos, remanejando-os nas escaladas de serviço e representações e, ainda, orientando-os a deslocarem-se para o compromisso funcional com maior agilidade possível.

Segundo Gelson, as vantagens que o empregador poderá ter em contratar ou ter um colaborador atirador do TG são muitas, entre elas, canal aberto entre o empregador e o TG. O matriculado no Tiro de Guerra passa por rigorosa seleção. No dia-a-dia das instruções, desenvolvem vários atributos da área afetiva e agregam conhecimentos diversos que certamente aplicarão no seu local de trabalho. Eles terão também, de acordo com seu desempenho e mérito, a referência dos seus instrutores.

    Compartilhe

     
    Prefeitura Municipal de Formiga