Fechar imagem

Notícias

  • Cidadão

Mais lidas

  • Processo seletivo para cantineira e cuidador social ocorrerá neste domingo
  • Banco de Alimentos já doou mais de 94 mil quilos de alimentos neste ano
  • Administração Municipal terá ponto facultativo nesta sexta-feira
  • Cidade Nova realiza colheita de beterrabas na unidade III do Projeto Horta Urbana
  • Administração Municipal continua mantendo compromissos com Formiga diante de crise que atinge cidades vizinhas e prejudica serviços públicos
  • Projeto de lei que possibilita retomada de obras de interceptadores de esgoto é aprovado na Câmara Municipal

22/03/2018 15h24

Prefeitura cria Programa Municipal de Intervenção Pedagógica

Apresentação do projeto foi feita ontem, na Câmara Municipal, pelo secretário de Educação e Esportes, Cid Corrêa

Prefeitura cria Programa Municipal de Intervenção Pedagógica
O secretário de Educação e Esportes, Cid Corrêa, apresentou o programa ontem, na Câmara Municipal

A Prefeitura de Formiga, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Esportes, está com um novo projeto para melhorar o rendimento escolar de seus alunos. Ela criou o Promip (Programa Municipal de Intervenção Pedagógica), que visa a dar assistência a estudantes com dificuldade de aprendizagem por meio de reforço escolar. Ontem, o secretário da pasta, Cid Corrêa, apresentou a proposta aos professores e pedagogos da rede.

De acordo com ele, independente da estrutura da escola e dedicação do profissional, sempre haverá alunos com dificuldades em algumas matérias, já que, na maioria dos casos, o que é abordado nas salas regulares não é suficiente para o aprendizado. “Com o programa, o aluno terá acesso a mais horas de aprendizado e de estudo nas matérias de português e matemática. O Promip trata de um tempo de aula além do ensino regular, proporcionando ao estudante chance de ter uma melhor formação. O projeto irá sanar as principais dúvidas dos alunos a respeito dos conteúdos que não conseguirem entender.”

Cid contou que o programa atenderá centenas de alunos e que não haverá contratação de novos professores para dar as aulas de reforço. “Fizemos ajustes na nossa equipe de educadores para atuar no projeto. O professor do Promip não deverá ser visto como algo tão ou mais importante do que o regente de sala de aula, já que ninguém poderá substituí-lo no processo de ensino-aprendizagem. Veremos o educador como uma força auxiliar que entrega uma ajuda importante para a formação e o aprendizado dos nossos alunos.”

O secretário ainda ressaltou que esses profissionais terão o desafio de tornar suas aulas mais instigantes e divertidas. “Desse modo, o aluno passará a visualizar os conteúdos completamente diferentes e muito mais abrangentes, com toques e dicas que normalmente o professor regente não consegue tempo para mostrar.”

Compartilhe

 
Prefeitura Municipal de Formiga