Fechar imagem

Notícias

Mais lidas

  • Prefeitura fiscaliza retirada irregular de água acima da barragem de captação
  • Aprovada nova estrutura administrativa da Prefeitura
  • Sebrae oferece oficinas gratuitas
  • Prefeitura repassará R$ 40 mil ao Tatame do Bem
  • Prefeitura fará leilão de bens
  • PSF do Rosário promove passeata de prevenção ao suicídio

10/05/2017 15h12

Festival Salve a Lagoa é adiado

Organização estudará nova data para realização do evento que tem como intuito arrecadar fundos para ações de recuperação das lagoas da cidade

Festival Salve a Lagoa é adiado

O Festival Salve a Lagoa, que seria realizado no próximo dia 13, foi adiado. Os organizadores do evento, em conjunto com a Prefeitura, que é parceira na causa, definirão uma nova data para o festival.

O chefe de Gabinete da Prefeitura, Thiago Pinheiro, explica que houve um problema relacionado a uma determinação da Lei Orgânica do Município (LOM). “Em um dos artigos é previsto que a cessão de um local público para evento que cobra entrada só pode ocorrer se houver aprovação legislativa. Ou seja, como o festival seria feito na Praia Popular, era necessário que fizéssemos um projeto de lei e o enviássemos à Câmara Municipal para apreciação. No entanto, não conseguimos fazer isso em tempo hábil para a realização do festival na data prevista.”

Thiago também comentou que foi realizada uma reunião com o Ministério Público sobre o festival. Nela, a promotoria de Justiça se mostrou desfavorável à realização do evento na Praia Popular.

“A Prefeitura apoia muito essa iniciativa. Desde o início nos propomos a ser parceiros, auxiliando com a infraestrutura e a limpeza do local. No entanto, queremos fazer as coisas dentro daquilo que determina a lei, por isso solicitamos o adiamento”, informou o chefe de Gabinete.

Um dos promotores do evento, Netinho Portella, confirmou que a organização está trabalhando para realizar em outra data o Festival Salve a Lagoa.

As lagoas

Por causa do descaso das autoridades ao longo dos últimos anos, as lagoas do Fundão, do Josino e do Petito estão com sérios problemas de assoreamento e de infestação de algas. Assim que assumiu a Administração Municipal, o prefeito Eugênio Vilela começou a trabalhar pela recuperação das lagoas. Para isso, o chefe do Executivo buscou parcerias. Uma delas é com a Furnas Centrais Elétricas, que enviou especialistas a Formiga para desenvolverem análise das lagoas. Outra parceira do Município é a Alago (Associação dos Municípios do Lago de Furnas), que emprestou máquinas à Prefeitura para realizar limpeza da Praia Popular.

    Compartilhe

     
    Prefeitura Municipal de Formiga