Fechar imagem

Notícias

Mais lidas

  • Prefeitura convoca servidores para recadastramento
  • Prefeito vai a Brasília buscar benefícios para Formiga
  • Prefeitura desenvolve ações para apoiar produção de cerveja artesanal
  • Nomeada comissão para atualizar a Planta de Valores do Município
  • Inscrições para o Programa Cozinha Brasil serão abertas no próximo dia 20
  • Núcleo de Assistentes Sociais é formado em Formiga

20/04/2017 16h51

Profissionais de Furnas Centrais Elétricas iniciam análise das águas das lagoas

Empresa fará diagnóstico dos problemas para elaboração do projeto de recuperação das lagoas

Profissionais de Furnas Centrais Elétricas iniciam análise das águas das lagoas
Elton fotografou pontos das lagoas

A cada dia que passa a situação das lagoas do Fundão, do Josino e do Petito tem ficado pior. As algas e o assoreamento estão trazendo grandes transtornos e impedindo a utilização das lagoas. Para solucionar os problemas, a Prefeitura conseguiu uma ótima parceria, a Furnas Centrais Elétricas. Na quinta-feira, 20 de abril, a empresa enviou três funcionários para iniciarem o trabalho de análise na cidade.

O supervisor de atividades de demarcação em áreas de reservatório, Elton Minaré Teodoro, o técnico em cartografia, Luiz Alberto Machado Vasconcelos, e a assessora do diretor de engenharia Cláudio Mota, Maria Gorete Cordeiro, foram os responsáveis por vir a Formiga iniciar os trabalhos.

Pela manhã, os funcionários de Furnas se reuniram na Prefeitura com o prefeito Eugênio Vilela, representantes da imprensa, vereadores membros da comissão de meio ambiente (Sidney Ferreira e Flávio Couto) e ativistas que estão trabalhando em prol da lagoa. Foram explicados os detalhes da ação de Furnas e no que a empresa pode ajudar, além de tiradas dúvidas dos presentes.

Em seguida, os representantes da central elétrica foram levados às lagoas, para conhecerem de perto os problemas. Elton fez fotografias do local e moradores da região mostraram alguns dos problemas.

À tarde, Luiz Alberto e Elton deram uma volta de barco na Lagoa do Fundão para conhecerem a situação longe das margens.

“Vamos fazer uma análise para ver qual o problema e como ele pode ser solucionado. Esperamos apresentar o diagnóstico em até 30 dias, para que possa ser feito, então, o projeto de recuperação das lagoas”, explicou Maria Gorete.

Eugênio destacou a importância da parceria com Furnas e da conscientização da população. “Realizar uma análise e um diagnóstico como esses não fica barato. Por isso, é muito bem-vindo o auxílio de Furnas Centrais Elétricas. A Prefeitura também vai fazer a parte dela, fiscalizando as casas no entorno da lagoa, realizando limpezas e desenvolvendo atividades educativas. É importante que a população também contribua, não jogando lixo no entorno das lagoas e regularizando o esgotamento sanitário de sua casa”, explicou.

Compartilhe

 
Prefeitura Municipal de Formiga