Fechar imagem

Notícias

Mais lidas

  • Supram libera autorização para o Município limpar suas lagoas
  • Empresa vencedora desiste e Saae terá de fazer outra licitação para concurso público
  • Cadastro Único Itinerante estará em Fazenda Velha nos dias 23 e 24 deste mês
  • Representantes do CMAS participam de capacitação em Divinópolis
  • Prefeitura propõe que CIP seja cobrada somente de quem é beneficiado pela iluminação pública
  • Beneficiários do BPC devem fazer atualização ou inscrição no Cadastro Único

13/02/2017 13h13

Banco de Alimentos se reestrutura para voltar a realizar todas as ações de recolhimento e distribuição de mantimentos

Em sua fundação, em 2007, o órgão recolhia sobras da Feira Livre e dos sacolões para distribuição; serviço foi paralisado na gestão passada, mas está voltando aos poucos

Banco de Alimentos se reestrutura para voltar a realizar todas as ações de recolhimento e distribuição de mantimentos

Aos poucos, o Banco Municipal de Alimentos (BMA) está voltando às suas atividades normais. Nos últimos anos, o órgão teve sua ação limitada ao PAA (Programa de Aquisição de Alimentos), mas é compromisso da atual gestão regressar com as mais variadas ações para recolhimento e distribuição de alimentos.

“O BMA foi criado em 2007. Àquela época, eram realizadas ações como recolhimento de sobras da feira livre, dos sacolões e dos supermercados, recebimento de doações e parcerias com produtores rurais, para posterior distribuição junto às entidades. No entanto, na administração passada, esses trabalhos pararam”, explicou o coordenador do Banco de Alimentos, Anuar Teodoro Alves.

À frente do BMA há pouco mais de um mês, o coordenador comenta que, a princípio, “a casa está sendo colocada em ordem”. “Estamos organizando tudo internamente, para voltarmos com os trabalhos a todo vapor. Já estamos providenciando o pessoal e os equipamentos necessários para atuarmos da forma devida”.

Algumas ações já estão sendo retomadas aos poucos e as entidades estão sendo beneficiadas. O BMA já recebeu, através de doações, algumas toneladas de alimentos, que foram repassados às 33 instituições cadastradas. Anuar e a encarregada do órgão, Adriana Oliveira, também estão visitando as entidades para conhecerem a realidade e a necessidade de cada uma.

“Estamos resgatando a credibilidade e a confiança. Recentemente, fechamos parceria com a Polícia Ambiental para que os alimentos apreendidos por ela sejam repassados para nós. Também já entramos em contato com produtores rurais e comerciantes para recebermos mais doações. Pedimos também que, em qualquer evento que angarie alimentos, os organizadores nos procurem para doação, pois o BMA sabe quais as necessidades de cada entidade”, informou Anuar.

O Banco de Alimentos está aberto para receber qualquer pessoa interessada em ajudar. O telefone para contato é 3329-1812.

    Compartilhe

     
    Prefeitura Municipal de Formiga