Fechar imagem

Notícias

Mais lidas

  • Prefeitura implantará o Lar de Amparo ao Formiguense em BH
  • Servidores municipais serão liberados para participarem de manifestação na próxima sexta-feira
  • Profissionais de Furnas Centrais Elétricas iniciam análise das águas das lagoas
  • Definida programação da 52ª Expo Formiga
  • Prefeitura reinicia asfaltamento em várias ruas da cidade
  • Alunos da Escola José João de Melo visitam Museu Arqueológico em Pains

06/02/2017 11h09

Cultura apresenta regentes do coral e das orquestras jovem e de sopro

Secretaria investiu em profissionais experientes e renomados para ocupar os cargos

Cultura apresenta regentes do coral e das orquestras jovem e de sopro
José Carlos Gonçalves, Emanuel de Paula Pires e Heber Santos Ferreira

A Secretaria Municipal de Cultura já definiu quem serão os regentes do coral e das orquestras jovem e de sopro. O secretário Aluísio Veloso escolheu para comandar o coral o maestro José Carlos Gonçalves. A Orquestra Jovem terá à sua frente o maestro Heber Santos Ferreira e o regente da Orquestra de Metais será o maestro Emanuel de Paula Pires. “Escolhemos pessoas qualificadas e experientes para regerem o coral e as orquestras. São profissionais dedicados e que estarão disponíveis para os trabalhos em Formiga o tempo que for necessário”, comentou o secretário de Cultura, Aluísio Veloso.

Quem quiser participar do coral ou de algumas das orquestras pode fazer sua inscrição na Secretaria de Cultura. O maestro José Carlos explica que “o Coral Municipal de Formiga tem por compromisso dinamizar, divulgar o canto coral em toda sua plenitude. Com um repertório eclético, o grupo vocal resgata os valores musicais da nossa MPB, mas também executa as músicas imortalizadas no aspecto erudito, clássico, assim como o folclore nacional e internacional. O ambiente que se desenvolve no coral é de total interatividade, agregando valores que unem pessoas de diversos setores profissionais e cidadãos da comunidade formiguense. O Coral é aberto a todo cidadão de Formiga, principalmente aqueles que procuram uma oportunidade de descobrir, através do canto, seu viés artístico até então ‘adormecido’ e até desconhecido. O grupo tem como proposta levar aos quatro cantos da cidade sua arte, assim como, manter presença nas festividades do município e eventos sociais em geral. As pessoas interessadas em participar poderão entrar em contato com a Secretaria Municipal de Cultura fornecendo nome e contato. A idade mínima para homens é de 17 anos (por causa da mudança vocal) e, para as mulheres, 14 anos”.

Currículo dos profissionais

José Carlos Gonçalves (Coral):

Formado em Comunicação Social – Bacharelado / Habilitação em Jornalismo Universidade do Estado de Minas Gerais

Professor de Canto da Escola Municipal de Música de Divinópolis.

Maestro dos corais: Vox Coral de Divinópolis / Nova Serrana / Coral Itapecerica.

Trabalho de Técnica Vocal / Musicalização e Psicologia Musical com o Coral Universitário INESP-UEMG – Fundação Educacional de Divinópolis.

Radialista Profissional

Produtor Executivo / Rádio

Locutor Noticiarista de TV

Produtor Jornalismo / MG TV

Curso de Extensão em Música – Instrumento e Canto – UFMG.

Oficina de Canto Coral / Departamento de Cultura da Prefeitura Municipal de Itaúna no Projeto EXPRESSARTE.

Vencedor do Concurso Público que apontou o Hino Oficial do Município de Carmo do Cajuru / Letra e música.

Destaque Revista Veja - edição de dezembro de 2013.

Produtor e apresentador do Programa Música Maestro da TV Candidés / Rede Minas

Emanuel de Paula Pires (Orquestra de Metais):

Ex-aluno da Emmel e atualmente cursa educação musical com habilitação em piano.

Experiência profissional:

Professor e maestro de metais e palhetas da banda Lira São José de Formiga por seis anos, assim participando de encontros de banda, festivais, e eventos da cidade e da região.

Professor substituto de flauta da Emmel no ano de 2013. Também professor substituto na área de metais e palhetas por curto período de 2013.

Professor substituto de teclado na cidade de Cláudio no ano 2013.

Professor de violão, flauta doce, contra baixo, percussão e Educação Musical da cidade de Córrego Fundo, atuando há cinco anos na Secretaria de Políticas Sociais/CRAS.

Atual professor de piano da cidade de Cláudio, atuando na Secretaria de Educação/ Projeto Musical Dando Cordas, desde 2014.

Professor de teclado na escola de música TOCCATA, sendo ela particular, desde o ano de 2015.

Tecladista e instrumentista de sopro em bandas, casamentos e recepções (eventos).

Professor em diversas áreas e regente desde 2006 até os dias atuais.

Heber Santos Ferreira (Orquestra Jovem):

Grau de escolaridade: Superior Completo (Licenciatura em música com habilitação em violino) UNINCOR (Três Corações).

Pós-graduado em metodologia do ensino de artes (Organização Educacional Barão de Mauá), de Ribeirão Preto.

Professor e regente desde 2006 na EMMEL

Aulas de teoria musical, prática de instrumento (violino, viola, violoncelo) e Regência da “Orquestra Jovem de Formiga”.

Diversos alunos graduados ou graduandos no curso de música em universidades particulares e federais como UFMG, UFSJ e UNIS.

Escola de Música “Notas e Pautas” (Arcos)

Aulas de teoria musical, violino, viola e violoncelo.

Projeto Social da Casa de Cultura de Arcos.

Aulas de teoria musical e violino (Oficinas e Workshops).

Projeto social (Garoto Cidadão) CSN em Arcos.

Aulas de teoria musical e violino.

Aulas particulares de teoria musical, violino, viola e violoncelo.

Músico freelancer com os grupos Enlace com arte e Notas e Pautas (casamentos e eventos em geral).

    Compartilhe

     
    Prefeitura Municipal de Formiga